Dr. Fernando Magalhães-Psicologo. Perder Peso e emagrecer com Terapia Cognitiva
Psicologo Clinico Dr Fernando Lima Magalhaes
 
 

Lidar com Preocupações excessivas

Terapia Cognitiva para a ansiedade generalizada

 

A preocupação está por todo o lado; quase toda a gente se preocupa e muitas pessoas dizem-se preocupadas durante toda a vida, ao ponto de prejudicar a satisfação e o prazer que poderiam obter. A preocupação excessiva é a variável mais importante de todos os problemas de ansiedade e depressão.

É possivel fazer uma distinção entre preocupação útil, produtiva e preocupação excessiva e inútil. Por exemplo, a preocupação inútil pode ser deste género:

- "Fico a pensar no pior que pode vir a acontecer, o presente até é bom, mas não consigo deixar de me preocupar.

- "Mesmo que as pessoas me digam que as coisas são toleráveis ou que a realidade até seja suportável, não consigo deixar de sofrer"

- "Tento expulsar os pensamentos da minha mente, mas eles voltam..."

- "Apesar de saber que é improvável de acontecer comigo, e se eu for o escolhido?"

A preocupação excessiva caracteriza-se por um pensamento vicioso em que coloca uma série de suposições negativas, de forma contínua, como " E se... ?" ( ex: "e se repente acontecesse isto? e se ficasse na bancarrota? e se alguém me deixar? e se o meu desempenho piorar?"). É saltar de uma preocupação para outra, prevendo coisas más e mesmo catastróficas. Pode também preocupar-se por estar tão preocupado, ao ponto de sentir dificuldade para dormir, andar irritado, sentir tensão permanentemente ou ter sintomas físicos, como transpiração ou síndrome do intestino irritável.

Para as pessoas que estão sempre preocupadas, existem motivos aparentemente lógicos que as fazem estar continuamente num estado de apreensão ou tensão:

- Acreditar que algo de mau pode acontecer e estar a imaginar um cenário negativo- e sentir-se com a responsabilidade de procupar-se com isto.

- Não aceitar qualquer incerteza- acreditar que precisa de ter a certeza absoluta.

- Tratar todos os pensamentos negativos como se já estivessem a acontecer e como se já fossem realmente verdade.

- Qualquer coisa má que venha a acontecer é reflexo de si próprio, ou seja, ou excesso de personalização ao não pensar que outros factos e pessoas contribuem para a realidade.

- Ver o fracasso como algo de  insuportável ou catastrófico

- Acreditar que precisa de se livrar de qualquer emoção negativa imediatamente

- Tratar tudo com urgência (sentir-se acelerado, em estado de urgência)

As boas notícias são que a terapia cognitiva moderna ajuda-o a compreender e a modificar estas distorções para diminuir a sua ansiedade. Hoje existe uma compreensão científica sobre como a preocupação funciona e pode aprender a usar este conhecimento para mudar preocupações perturbadoras.

Atualmente existem técnicas e estratégias que ajudam a mudar este ciclo negativo de pensamento. Ao fazer um processo de terapia cognitiva, poderá aprender de uma forma simples e gradual a:

- Identificar as preocupações produtivas e improdutivas e a pensar mais eficazmente, colocando de lado a imaginação inútil sobre o futuro (E se...?) e focar o pensamento em problemas concretos que pode realmente resolver. Após compreender esta grande distinção vai treinar o pensamento para resolver problemas reais.

- Aceitar a realidade e fazer aquilo que é preciso para mudar.

- Lidar diretamente com a preocupação, contrariando pensamentos irracionais. Vai aprender o que desencadeia a preocupação, quais os temas comuns de preocupação e aprender a esvaziar a emoção e pensamentos negativos.

- Identificar e corrigir crenças mais antigas ou certos padrões de personalidade que lhe provocam o stresse.

- Aprender a gerir as emoções em vez de estar preocupado com o que está a sentir.

- Assumir a gestão do tempo. Mudar a sensação de estar constantemente pressionado pelo tempo, de saber ou controlar tudo imediatamente. Aprender a viver mais no presente para aproveitar a vida agora (o único momento que temos para viver).

Este processo de terapia tem a duração aconselhada de 10 a 20 sessões quinzenais. Pode inicar o seu processo ainda esta semana!

 

Ler também Terapia Cognitiva

 
 

Marcações de Consultas com Dr. Fernando Magalhães

Para mais informações sobre marcações de consultas, por favor clique aqui.